3 Pilares de Estratégia de Negócios

Dentro de alguns meses, a maioria das empresas começará a configurar a sua estratégia para 2019. É hora de estudar previsões, analisar resultados, discrepâncias e, de acordo com o plano de negócios, rever o curto, médio e longo prazo. A primeira coisa que surge em qualquer negócio é: vendas e lucros, como alcançá-los? Claro, existem outros parâmetros, como produto, pesquisa e desenvolvimento, etc, mas no final, todos eles perseguem um único objetivo, continuar crescendo. É por isso que hoje nos concentraremos apenas em três conceitos que mais preocupam o desempenho dos negócios.

Pilar 1 da Estratégia de Negócios: Vendas

Dentro desta seção existem 3 pontos muito importantes que todas as empresas gostariam de controlar totalmente:

  1. Lealdade de todos os clientes existentes.
  2. Identificar novas oportunidades.
  3. Construir uma equipa vencedora

Fatores como a falta de objetivos claros, a incerteza do mercado, a desinformação e uma atitude negativa dificultam o alcance dos objetivos.

Em muitas ocasiões, uma vez que um cliente é conquistado, a atitude da empresa relaxa. Eles param de trabalhar no relacionamento, já que tudo está a funcionar bem. Esse tipo de ação impede-nos de atender às possíveis necessidades futuras do nosso cliente, perdendo a oportunidade de vendas cruzadas e incrementais que podem atender às suas necessidades. Além do mais, ao fazer isso, estamos a deixar a porta aberta para a concorrência. O cliente, apenas pelo fato de ser nosso cliente, merece toda a nossa atenção. Principalmente para eles, mas também para o nosso próprio benefício. É muito mais caro ganhar um novo cliente do que reter um.

Outro problema que costumamos encontrar é como detetar clientes em potencial. Essa é a parte mais complexa: identificar o nosso público, seus hábitos, preferências, a chave que os motiva.

Infelizmente, não há fórmula mágica, mas o estudo e a análise de nossos clientes existentes podem nos ajudar; extrapolando o seu comportamento para o resto do mercado, é muito possível que detetemos novas oportunidades que as possamos transformar em futuros clientes. É essencial ter um conhecimento profundo do mercado, das suas necessidades e como acedê-lo. Aí vem o marketing, que, como uma ferramenta para apoiar as vendas, deve ser responsável por impactar o maior número possível de públicos-alvo e ajudar a construir um relacionamento com eles.

O último ponto fundamental sobre o qual sustentar as vendas, como podemos construir uma equipe vencedora? A resposta é simples, mas a sua execução é complexa. Objetivos claros e definidos, com ampla informação sobre o mercado e as suas necessidades, bem como um profundo conhecimento de como o nosso produto / serviço é capaz de atender às suas necessidades, bem como uma atitude positiva e decisiva em todos os momentos. Somente com a consciência do trabalho em equipa e da fluência na informação, podemos alcançar o objetivo.

Pilar 2 da Estratégia de Negócios: os lucros

O principal objetivo de todas as empresas é obter lucros e aumentá-los. Obviamente, esta secção está intimamente com as vendas, já que não só precisa de aumentá-las, como também precisa fazê-lo com qualidade e margem.

Às vezes acontece que fluxos de trabalho desconectados, falta de informações ou baixa qualidade nos seus processos podem afetar as vendas, por isso não gera todo o lucro que deveria, com o impacto que isso pode gerar no negócio.

Por estas razões, um conhecimento em tempo real do que está acontecendo em cada um dos projetos a serem realizados ou oferecidos ajudará a evitar uma% de erros ao obter os lucros.

Pilar 3 da Estratégia de Negócios: os Objetivos

Não é apenas essencial definir objetivos, mas também criar um bom plano de como alcançá-los. Da mesma forma, é necessário fazer uma previsão realista e bem fundamentada do que podemos alcançar. Finalmente, esteja ciente do orçamento que temos disponível para realizar todas as ações previstas e planeadas.

Para ter todas as informações disponíveis em tempo real, o que nos permite tomar as decisões certas em todos os momentos, e especialmente em relação à essência do nosso negócio, é necessário ter um sistema flexível e adaptável que nos forneça uma visibilidade de 360 graus dos nossos clientes, bem como os nossos processos internos. Com o NetSuite ERP CRM, você não só automatizará os seus processos internos, mas terá uma fonte autêntica de informações e análises que lhe permitirá planear com precisão e realismo.

Leave a comment